Ads Top

Kefir de Leite de Coco – Como Fazer e Dicas

Kefir de leite de coco

O kefir é uma bebida fermentada rica em probióticos que ajuda a regular a função intestinal, dentre diversos outros benefícios.

Além das versões tradicionais, vem ganhando popularidade o kefir de leite de coco, que combina os benefícios do kefir e do leite de coco. Quer aprender como preparar essa bebida deliciosa, refrescante e saudável?

Então leia esse artigo para conhecer os benefícios e aprender como fazer a bebida.

Kefir

O kefir tradicional é feito a partir do leite, que pode ser proveniente da vaca, da cabra ou até da ovelha, que é fermentado com os grãos de kefir.

Esses grãos não são grãos de verdade e só são chamados assim por causa da sua aparência. Trata-se de um conjunto de micro-organismos vivos que são compostos por diversas bactérias, além de leveduras que se alimentam de gorduras, açúcares e proteínas.

Essas substâncias se juntam para formar um composto gelatinoso cheio de culturas vivas e ativas de micro-organismos. São esses micro-organismos que permitem que a fermentação no leite ou na água de coco ocorra, resultando em uma bebida probiótica semelhante a um iogurte.

Kefir de leite de coco

O kefir de leite de coco é preparado através da fermentação dos grãos de kefir com uma mistura de leite de coco e de algum leite de origem animal como o leite de vaca, por exemplo. O leite de coco é preparado a partir do coco ralado proveniente de um coco maduro e marrom.

O principal benefício de usar o leite de coco na receita do kefir é o sabor da bebida. O kefir feito apenas com o leite de vaca, por exemplo, geralmente tem um sabor forte de azedo devido à fermentação. Mas ao adicionar leite de coco na receita, o sabor e a textura da bebida são melhorados.

Como fazer kefir de leite de coco

Os grãos de kefir devem ser cultivados ou obtidos por meio de doações ou compras de pessoas que já cuidam desses micro-organismos.

Em seguida, os grãos devem ser hidratados, o que consiste em mergulhar os grãos de kefir em uma porção de leite de origem animal por 5 a 7 dias a temperatura ambiente. Esses grãos já hidratados com leite animal devem ser então colocados em um recipiente com leite de coco por cerca de 12 a 24 horas.

Se o kefir for hidratado apenas em leite de coco, os micro-organismos não vão sobreviver porque o leite de coco não contém a lactose que os micro-organismos precisam usar no processo de fermentação. Por isso é importante usar também um leite de origem animal ou então optar por uma solução de água com açúcar.

Há receitas que sugerem o uso de leite de coco desde a hidratação. Porém, nesses casos, as culturas irão se alimentar apenas da gordura do leite de coco e assim, os grãos de kefir vão perder suas propriedades nutritivas e acabar morrendo com o passar do tempo. Desta forma, para ter grãos de kefir que poderão ser reaproveitados por muito tempo, o indicado é usar um leite de origem animal rico em lactose ou água com açúcar para manter o kefir forte por muito mais tempo.

Como você pode imaginar, não existe um único jeito de preparar kefir de leite de coco. Por isso, separamos algumas alternativas de receitas para essa bebida tão benéfica para a saúde.

Receita 1

Serão necessárias 1 colher de sopa de grãos de kefir e cerca de 2 xícaras de leite de coco. Se os grãos estiverem desidratados, hidrate-os usando leite de vaca ou outro leite de origem animal. Para isso, use 1 colher de sopa de grãos de kefir para cada xícara de leite de vaca.

Deixe a mistura em um recipiente de vidro coberto com uma tampa frouxa (não rosqueada até o fim, por exemplo) ou com um pano limpo por cerca de 5 a 7 dias.

Todos os dias, os grãos devem ser peneirados e o leite de vaca deve ser substituído por 1 xícara de leite fresco. O kefir estará reativado quando o leite adquirir um leve cheiro fermentado e engrossar.

Esses grãos hidratados devem ser então peneirados novamente e colocados em um recipiente de vidro com 1 ou 2 xícaras de leite de coco. Cubra o recipiente com um pano e coloque o pote em um local quente (com temperatura entre 68 e 85 graus) por aproximadamente 12 a 24 horas até que o leite de coco engrosse e adquira um sabor levemente azedo. Quando isso acontecer, seu kefir de leite de coco está pronto.

Se quiser continuar cultivando esses grãos, basta peneirar e armazená-los. Eles devem ser armazenados em 1 recipiente contendo 1 xícara de leite de vaca na geladeira. Se os grãos de kefir forem armazenados em leite de coco, os micro-organismos vão acabar morrendo.

Receita 2

Outra opção no lugar do leite de vaca para reidratar os grãos de kefir é usar água com açúcar – de preferência mascavo.

Uma alternativa para vegetarianos ou veganos que querem consumir o kefir mas não gostam muito do sabor do kefir tradicional feito em água é optar por uma versão que é feita em água de coco.

Nessa receita, serão necessárias 4 xícaras de leite de coco com gordura, 1 colher de chá de açúcar orgânico e ¼ de xícara de kefir de água ou de kefir de água de coco, à sua escolha.

Em um liquidificador, bata o leite de coco com o açúcar e despeje a mistura em um recipiente de vidro. O açúcar será importante para servir de alimentos para as culturas presentes nos grãos de kefir.

Em seguida, adicione ¼ de xícara de kefir de água ou de kefir de água de coco ao leite e misture com cuidado. Tampe o frasco com um pano limpo ou uma tampa sem vedação para que a mistura fermente a temperatura ambiente por cerca de 18 a 24 horas ou até que o kefir obtenha um gosto levemente azedo e amargo e uma textura levemente grossa e cremosa.

Benefícios do kefir de leite de coco

Preparar kefir exige paciência, mas os benefícios valem muito a pena! Alguns dos benefícios desse superalimento são:

1. Digestão

A flora intestinal humana é repleta de micro-organismos que ajudam a manter a saúde digestiva. A ingestão de kefir de leite de coco ajuda a otimizar a saúde desses micro-organismos e a melhorar o funcionamento geral do sistema digestivo.

De acordo com um estudo publicado em 2011 na revista científica Therapeutic Advances in Gastoenterology, os probióticos encontrados no kefir de leite de coco podem ajudar a evitar problemas digestivos como a constipação. Além disso, ao manter a boa saúde da microbiota intestinal, patógenos que causam diarreia e outros problemas gastrointestinais são inibidos.

2. Imunidade

O kefir de leite de coco é um ótimo probiótico. Esses probióticos ajudam a fortalecer o sistema imunológico para que o nosso sistema de defesa possa combater bactérias nocivas à saúde como a Escherichia coli e a Salmonella, por exemplo.

Segundo estudo publicado na revista científica International Journal of Antimicrobial Agents em 2005, as propriedades bactericidas do kefir de leite de coco podem ajudar a combater os sintomas da cândida e acelerar a cicatrização de feridas.

3. Antibacteriano

O kefir de leite de coco é rico em probióticos, que além de fortalecer o sistema imune, atuam povoando o organismo de bactérias saudáveis. Isso é muito importante para inibir a superpopulação de bactérias que podem ser nocivas ao organismo.

4. Rico em potássio

Quando cultivado em água de coco, o kefir obtido é extremamente rico em minerais como o potássio. Dessa forma, o kefir se torna uma ótima fonte de potássio que ajuda a fortalecer a saúde dos ossos além de diminuir o risco de hipertensão, problemas cardíacos e derrame.

O potássio também é muito importante para ajudar no tratamento de pessoas que sofrem de doenças inflamatórias como a doenças de Crohn e a colite ulcerativa.

5. Combate ao câncer

As bactérias saudáveis presentes no kefir podem desempenhar um papel no combate ao câncer. Isso porque os micro-organismos encontrados no kefir de leite de coco têm um papel anticarcinogênico no organismo.

Muitos estudos sobre a relação do kefir com o câncer mostram que o kefir pode retardar o crescimento de tumores e testes in vitro publicados no periódico Journal of Medicinal Food em 2007 por pesquisadores canadenses já indicam que o probiótico reduz as células cancerosas de mama em até 56%.

Além disso, ao optar pelo kefir feito com água de coco, pessoas que fazem quimioterapia obtêm benefícios no que diz respeito à hidratação. O grande poder de hidratação e o teor de eletrólitos na água de coco ajudam a evitar efeitos colaterais comuns da quimioterapia que incluem a diarreia, a desidratação e a perda de alguns nutrientes.

6. Antialérgico

O kefir de leite de coco também ajuda a amenizar alergias como a asma, por exemplo. Estudos mostram que muitos tipos de alergia e a asma tem a ver com inflamações e com a saúde intestinal. De acordo com estudo feito com animais publicado no periódico científico Immunobiology em 2007, ao ingerir kefir, a quantidade de células inflamatórias que prejudicam os pulmões e as vias aéreas é reduzida. Além disso, o acúmulo de muco também é reduzido.

O fortalecimento ao sistema imunológico também ajuda a suprimir naturalmente diversas reações alérgicas. Especialistas acreditam também que muitas reações alérgicas ocorrem por causa da falta de bactérias saudáveis no intestino. Outras evidências indicam que pessoas que tomam probióticos como o kefir apresentam uma melhora significativa nos sintomas alérgicos.

7. Livre de lactose

Por se tratar de um leite vegetal, o kefir de leite de coco não contém lactose. Assim, pessoas intolerantes a esse açúcar podem tomar o kefir sem medo. Mesmo ao utilizar grãos cultivados em leites de origem animal, as inúmeras “lavagens” com leite de coco eliminam a lactose do kefir.

Algumas dicas e cuidados

– Observar a temperatura do local

Se o kefir de leite de coco não engrossar em 24 horas, pode ser que a temperatura não esteja alta o suficiente. Nesse caso, busque um local ainda mais aquecido e deixe o kefir imerso em leite de coco por mais 12 ou 24 horas.

– Atentar à textura do kefir

Passadas mais 48 horas e o kefir continuar fino, é indicado jogar o leite fora e começar um novo processo desde o início para reativar os grãos.

– Prestar atenção no aroma

É esperado que o kefir apresente um aroma levemente azedo devido à fermentação e até mesmo uma leve efervescência, mas em nenhuma hipótese o kefir deve ter um cheiro ruim ou desagradável. Se isso acontecer, é porque algo deu errado e o kefir estragou. Nunca consuma kefir se suspeitar que ele não está bom para consumo.

– Buscar grãos de origem confiável

É importante atentar para a origem dos grãos de kefir que você vai usar. Se eles foram preparados em água, é importante continuar reidratando esses grãos com água e açúcar quando necessário. Se ele for feito em leite, é essencial usar um leite de origem animal na reidratação. Isso vai garantir a qualidade do seu grão.

– Evitar usar utensílios de metal

Nunca use recipientes de metal ou colheres de metal para o preparo do kefir pois isso evita que a bebida engrosse. Opte por recipientes de vidros e talheres feitos de madeira ou de plástico durante a receita.

Como usar

O kefir de leite de coco é um alimento muito versátil, mas que algumas pessoas ainda têm dúvidas sobre como consumir. O kefir pode ser facilmente adicionado em bebidas como smoothies e vitaminas. Outras sugestões incluem o consumo de kefir com água com limão ou com aveia.

A única ressalva é nunca usar kefir em bebidas ou receitas quentes, já que a alta temperatura pode matar os micro-organismos e acabar com todos os benefícios do kefir de leite de coco. Ao tomar cuidado com a temperatura, é possível adicionar kefir em qualquer receita que você sinta vontade, o que vale aqui é a criatividade e os benefícios que incluir o kefir na alimentação diária podem trazer para a saúde.

Referências Adicionais:                                              

Você já tinha ouvido falar do kefir de leite de coco? Tem curiosidade de experimentar e aprender como fazer em casa? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.